Descubra tudo sobre como cuidar de um chinchila: guia completo

 Aprenda passo a passo como cuidar de um chinchila com este guia completo. Descubra os segredos para proporcionar uma vida longa e feliz ao seu animal de estimação.

Descubra tudo sobre como cuidar de um chinchila: guia completo

Dicas essenciais para cuidar de um chinchila de forma adequada

A chinchila é um pequeno roedor que vem ganhando cada vez mais popularidade como animal de estimação nos lares brasileiros. Por isso, reunimos algumas dicas que vão te ajudar a cuidar da chinchila do seu animal de estimação de forma adequada. Confira!

Chinchila: o que é?

Chinchila: o que é?
Uma dúvida comum entre os amantes de animais de estimação é: chinchila é rato? A resposta para esta pergunta é não! A chinchila é o nome dado aos roedores da família Chinchilidae, nativa das regiões frias e montanhosas do Chile.

Com o nome científico de Chinchilla Lanigera, esse roedor tem como principais características medir até 35 centímetros e pesar aproximadamente 500g. O tamanho compacto e a aparência fofa fazem da chinchila uma ótima opção de animal de estimação para crianças.

Uma característica que chama bastante atenção nos pets é a aparência de sua pelagem. A pelagem da chinchila é cerca de 30 vezes mais macia que o cabelo humano e muito densa, com 20 mil fios por centímetro quadrado”, diz o biólogo André.

Quantos anos vive a chinchila?

A expectativa de vida de uma chinchila varia entre 15 e 20 anos. Por isso, antes de trazer esse pequeno roedor para casa, pense bem nos cuidados que o bichinho vai exigir nos próximos anos e até na próxima década, como visitas frequentes ao veterinário, por exemplo.

Tipos de chinchila

Eles vêm em uma grande variedade de raças e cores, sendo as chinchilas cinza e bege as mais comuns. No entanto, é possível encontrar chinchilas pretas, brancas e de outras cores. Entre os tipos mais populares estão a chinchila comum ou padrão, a moicana e a chinchila rosa branca, ou simplesmente rosa.

Chinchila: o que você precisa saber antes de adotar

Adotar uma chinchila pode parecer uma tarefa bastante simples. Porém, o ideal é que o dono saiba algumas informações sobre a espécie antes de trazer esse roedor para casa. Aprenda a identificar se o pet é macho ou fêmea, quais as principais considerações e muito mais.

Como saber se a chinchila é macho ou fêmea?

Pode-se distinguir chinchilas machos de chinchilas fêmeas pela distância entre seus orifícios e seus órgãos reprodutivos. Nas fêmeas, os orifícios estão próximos, enquanto nos machos, os orifícios estão distantes e separados. Também é possível distingui-los visualizando os testículos de machos adultos, conforme explica o biólogo André.

É fácil encontrar chinchila no Brasil?

É fácil encontrar chinchila no Brasil?
Recomenda-se evitar alojar casais juntos na mesma gaiola. Isso porque eles podem se reproduzir com facilidade, e os cuidados necessários com as fêmeas gestantes e seus filhotes são mais intensos e exigem a perícia de um veterinário especializado.

Assim como porquinhos-da-índia, coelhos e hamsters, as chinchilas são consideradas animais domésticos pelo Ibama, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Isso significa que a criação desses roedores é permitida em nosso país.

O registro do animal e a autorização para comercialização de chinchilas no Brasil é de responsabilidade do pet shop que comercializa o animal. É de responsabilidade do dono simplesmente conferir toda a documentação no momento da compra para garantir a procedência do pet.

Chinchilas são bons pets para crianças?

Uma chinchila pode morder se estiver com medo. Por isso, o ideal é que esse animalzinho seja manuseado apenas por adultos ou crianças maiores. Por serem frágeis e sensíveis, podem se machucar facilmente. Por isso, é importante sempre supervisionar a interação e ensinar as crianças a brincar com o bichinho de forma cuidadosa.

Chinchila: dicas de cuidados com o roedor

Agora que você já sabe o que levar em consideração antes de trazer uma chinchila para casa, que tal conferir algumas dicas especiais para cuidar desse roedor? Siga o guia passo a passo!

Chinchila: alimentação balanceada

As chinchilas são animais herbívoros que requerem uma dieta rica em fibras vegetais. Os veterinários recomendam uma dieta equilibrada de frutas e ração para evitar problemas estomacais graves nos animais.

A dieta ideal de uma chinchila consiste em alimentos específicos para animais de estimação projetados para eles. A ração deve conter um blend de vitaminas e minerais que forneçam nutrientes essenciais para o bom desenvolvimento do pet.

Para André, uma refeição deve conter uma rica mistura de frutas, verduras e grãos para complementar a alimentação. "Algumas verduras, legumes e frutas, como cenoura, couve, brócolis, aveia integral, tomate, maçã e alfafa, podem ser incluídos na dieta. O ideal é oferecer sempre pequenas quantidades", acrescenta.

Escolha a gaiola ideal

Apesar de pequenas e sociáveis, as chinchilas precisam de muito espaço para crescer e se desenvolver adequadamente. Por isso, é importante ficar atento na hora de escolher a gaiola ideal para uma chinchila.

Na hora de comprar uma gaiola para sua chinchila, os especialistas recomendam optar sempre pela maior possível. Além de grande, a casa do pet deve ser vertical, pois eles adoram pular e escalar.

“Embora as chinchilas pareçam animais pesados, elas adoram pular, e seu rabo tem o tamanho e o formato perfeitos para isso. Por isso, é importante escolher uma gaiola alta que permita que o animal caminhe, corra e dê alguns saltos”, enfatiza a bióloga.

Gaiola para chinchila: o que não pode faltar?

Com a gaiola escolhida para a chinchila, é hora de tomar alguns cuidados para criar um ambiente completo e saudável que garanta o bem-estar do bichinho. Confira o que não pode faltar em uma gaiola perfeita para uma chinchila.
  • escolha uma gaiola grande e vertical com vários andares;
  • deixe a gaiola de chinchila em um local calmo e com temperatura amena;
  • instale bebedouro, comedouro e não se esqueça do substrato;
  • ofereça brinquedos para distração e desgaste dos dentes;
  • brinque com a chinchila diariamente;
  • ofereça a alimentação adequada;
  • faça a higienização diária da gaiola.

Chinchila gosta de água?

Chinchila gosta de água?
Uma dúvida comum entre os donos de chinchila pela primeira vez é: posso ou não dar banho na minha chinchila? Segundo nosso biólogo, nunca é recomendável dar banho-maria em uma chinchila.

"A chinchila tem uma pelagem muito densa e sensível. Cada fio de pelo desse animal é cerca de 20 vezes mais fino que um fio de cabelo humano. Nesse caso, o ideal é que eles não tomem banho com água e sabonete como os outros bichinhos", explica.

Muitas pessoas podem achar estranho, mas isso acontece porque quando ficam molhadas demoram muito para secar. Isso pode acabar causando algumas doenças, assim como a proliferação de fungos em sua pele.

Por isso, a melhor forma de dar banho na chinchila é utilizando um pó de banho seco específico para a espécie. Este produto é composto por um pó que pode limpar o pelo e a pele do animal, removendo a oleosidade e a umidade.

Como chinchilas adoram tomar banho, mas o ideal é que o pó fique disponível na gaiola no máximo uma vez por semana, para não ressecar o pelo.

Chinchilas: principais doenças

Apesar de serem pequenas e muito fofas, as chinchilas são animais muito frágeis e costumam apresentar grandes problemas de saúde. Entre as principais estão as relacionadas ao calor intenso.

Esses bichinhos requerem ambientes com temperaturas mais baixas, evitando sol direto e calor. A gaiola deve ser colocada em salas com temperaturas amenas. Se possível, em dias mais quentes, use o ar condicionado ou um ventilador indireto para mantê-lo fresco.

Os parasitas intestinais são responsáveis ​​por outra doença comum, causada principalmente pela higiene inadequada da gaiola. Esses vermes podem causar diarréia ou constipação, que também são causados ​​por nutrição inadequada.

Alopecia, que resulta em perda de cabelo, também é uma condição comum em chinchilas. Isso geralmente ocorre devido ao calor excessivo ou por infecções fúngicas causadas pelo acúmulo de água no pelo após um banho inadequado.

Outras doenças que podem afetar sua chinchila são:
  • oclusão intestinal;
  • salmonelose;
  • bordetelose;
  • raiva;
  • pneumonia estreptocócica;
  • pasteurellosis;
  • maloclusão;
  • otite.
Para manter seu animal de estimação saudável, leve-o a um veterinário especializado em animais exóticos uma vez por ano. Além disso, ofereça cuidados adequados ao animal e ofereça alimentação específica para a espécie.

Qual é o preço de uma chinchila?

Se você quer ter esse roedor em casa, saiba que o preço pode variar bastante devido a sua coloração, pelo e a chinchila específica. A chinchila branca, também conhecida como Pink White, é a mais cara da espécie. Já os bichinhos bege e cinza podem ser encontrados por preços mais baixos, variando entre R$ 500 e R$ 800.

No entanto, é importante ficar atento aos criadores que oferecem preços muito baixos e comprar apenas de criadores autorizados e com a documentação do IBAMA em dia.

Os filhotes de chinchila podem ser vendidos a partir dos dois meses de idade, quando não dependem mais da mãe e podem se alimentar sozinhos. No entanto, os filhotes de chinchila ainda precisam de atenção redobrada para garantir sua saúde e bem-estar.

Gostou de aprender mais sobre chinchilas? E aí, conta pra gente: esse bichinho fofo teria lugar na sua casa?

O que você precisa saber sobre cuidados com chinchilas

Next Post Previous Post