Compreendendo a Mancha-Parda: Causas, Sintomas e Opções de Tratamento

 A mancha-parda pode ser frustrante e afetar a autoestima. Este guia fornece informações sobre as causas, sintomas e tratamentos disponíveis para ajudá-lo a lidar com a condição.

Compreendendo a Mancha-Parda: Causas, Sintomas e Opções de Tratamento

Ficha Técnica

Nome científico: Bipolaris spp., Cochliobolus miyabeanus
Nomes populares: Mancha-foliar, Mancha-marrom, Mancha-parda
Ordem: Pleosporales
Classe: Dothideomycetes
Filo: Ascomycota
Reino: 
Partes afetadas: 
Sintomas: Manchas marrom-escuras, circulares ou arredondas em folhas, caules e grãos. Na região externa às manchas, caracteriza-se um halo amarelo-claro.

How to Identify and Control Mancha-Parda Foliar in Your Plants


A Mancha-parda foliar é uma doença bastante conhecida na região sul do Brasil. É causada por fungos do gênero Bipolaris e infecta principalmente gramíneas. Esses fungos causam danos ao arroz, coco, pastagens, girassóis, milho, tremoço, pandano, confete, dália e muitas outras plantas. As infecções são mais pronunciadas em regiões tropicais, embora esses fungos sejam cosmopolitas.

Mancha-parda foliar, também conhecida como mancha-de-Phoma, é uma doença que afeta plantas, causando manchas marrom-escuras em folhas, caules e grãos. Essas manchas são geralmente circulares, com um centro mais claro e acinzentado, e um halo amarelo-claro na região externa. Em casos graves, as manchas podem cobrir até metade da área foliar. A infecção é mais comum durante a germinação e o florescimento, e pode ser difícil de controlar.

A Mancha-parda foliar é uma doença fúngica que se espalha principalmente pelo vento, mas também pode ser transmitida por sementes e plantas infectadas. Gotas de chuva e irrigação também podem transportar esporos por curtas distâncias e infectar plantas próximas. As condições ideais para o crescimento desses fungos são temperaturas amenas e alta umidade, juntamente com umidade frequente. As plantas que são deficientes em nutrientes ou água são mais suscetíveis a esta doença.

A Mancha-parda foliar pode ser controlada com o uso de fungicidas como a calda bordalesa¹, mas é importante observar que a prevenção é fundamental, pois infecções altas são difíceis de controlar. Em pequenos jardins ou cultivos ornamentais, recomenda-se tomar medidas que impeçam o estabelecimento e propagação da doença, como adquirir sementes, mudas e plantas adultas livres de doenças de fornecedores confiáveis ​​e escolher variedades com tolerância conhecida à doença, se disponível. Além disso, é importante podar as plantas para garantir uma ventilação adequada e evitar que a água se acumule nas folhas, regulando a temperatura e a umidade. A irrigação deve ser feita no solo ou substrato sempre que possível e não nas folhas. A nutrição adequada também é importante, pois afeta a fisiologia da planta e as defesas contra patógenos como o Bipolaris são mais eficientes quando as plantas estão bem nutridas.

The Ultimate Guide to Preventing Mancha-Parda Foliar in Your Crops


1.O que é Mancha-parda foliar?

Mancha-parda foliar, também conhecida como mancha marrom foliar, é uma doença fúngica que afeta uma variedade de plantas, incluindo soja, algodão e amendoim. É causada pelo fungo Cercospora kikuchii e pode causar danos significativos às plantações se não for tratada.

2. Sintomas da Mancha-parda foliar

Os primeiros sintomas da Mancha-parda foliar são pequenas manchas circulares marrons nas folhas da planta. À medida que a doença progride, as manchas podem se fundir e formar lesões maiores. As folhas também podem ficar amarelas e cair prematuramente, o que pode reduzir o rendimento da colheita.

3. Causas da Mancha-parda foliar

A Mancha-parda foliar é causada pelo fungo Cercospora kikuchii, que pode sobreviver em restos vegetais e no solo por vários anos. O fungo pode se espalhar pelo vento, chuva e água de irrigação e pode infectar as plantas através de feridas ou aberturas naturais nas folhas.

4. Prevenção da Mancha-parda foliar

A prevenção da Mancha-parda foliar envolve várias medidas, incluindo rotação de culturas, saneamento e uso de variedades resistentes. A rotação de culturas pode ajudar a reduzir o acúmulo do fungo no solo, enquanto o saneamento envolve a remoção de restos de plantas infectadas e sua destruição. O uso de variedades resistentes também pode ajudar a reduzir o risco de infecção.
The Ultimate Guide to Preventing Mancha-Parda Foliar in Your Crops

5. Tratamento da Mancha-parda foliar

O tratamento da Mancha-parda foliar envolve o uso de fungicidas, que podem ser aplicados de forma preventiva ou curativa. Os fungicidas devem ser aplicados ao primeiro sinal de infecção e devem ser usados ​​de acordo com as instruções do rótulo. Em casos graves, pode ser necessário o uso de múltiplas aplicações de fungicidas.

6. Importância da detecção precoce

A detecção precoce da Mancha-parda foliar é importante para o tratamento eficaz e prevenção da doença. O monitoramento regular das plantações e o monitoramento dos sintomas podem ajudar a identificar a doença precocemente e evitar que ela se espalhe.

7. Conclusão

A Mancha-parda foliar é uma doença fúngica grave que pode causar danos significativos às lavouras. A prevenção e detecção precoce são fundamentais para o manejo da doença, e os agricultores devem tomar medidas para reduzir o risco de infecção e usar fungicidas quando necessário.

5 Comentários

  1. Que maravilha encontrar este post, resolveu meu problema, adoro seus posts!

    ResponderExcluir
  2. Show! conteudo muito bom, já sei como usar aqui no meu sitio. Obrigado

    ResponderExcluir
  3. Já estou aplicando este conhecimento aqui na horta de casa, essas dicas valem ouro. Obrigado e Deus abençoe você!

    ResponderExcluir
  4. Tive esse problema na minha horta, e eu preocupado a toa, obrigado pelas informações!

    ResponderExcluir
  5. Tinha esse problema nas plantinhas do meu apartamento aqui em SP, Valeu pelas informações!

    ResponderExcluir
Postagem Anterior Próxima Postagem